Hello world! :)
Chamo-me Alexandra e tenho 24 aninhos. Estudo Ciências dos Computadores na FCUP mas o meu verdadeiro sonho é seguir Design Gráfico para o que sou formada através da escola FLAG com média de 17. Além disso sou uma aventureira e estou sempre metida em novos projetos, exemplo disso é este blogue que apesar de me fazer sentir feliz e realizada é atualizado sempre a pensar em vocês e no que gostam.
Este projeto nasceu a 24 de novembro de 2011 através do meu canal do Youtube já que estava a aprender a cuidar de mim fosse em roupas, saúde ou maquilhagem. A verdade é que na altura senti necessidade de criar o canal porque tinha muitas dificuldades nas coisas mais básicas e queria transmitir os meus problemas e como os resolvi a quem estivesse na mesma situação que eu. Tímida como era acabei por abandonar um pouco os vídeos e criar este blogue que estão a ler.
Para me conhecerem um pouco mais, além de me lerem e tentarem conviver comigo nos meus contactos (ver aba respetiva) podem ler estes posts e estas TAG's e darem-me a vossa opinião.
Sorrisos,
Alexandra :)

A 19/06/2012

EM terça-feira, junho 19, 2012
Alexandra Cardoso Escreve

Olá meninos e meninas! ^^
Já era para ter começado esta rubrica quando mudei o layout mas estavam tantas coisas na lista que só hoje vou começar. Vai consistir em fazer algumas perguntas e responder-lhes da forma mais completa que conseguir. Todos os meses vou escolher um tema diferente.
Como o verão começa daqui a poucos dias e algumas de vocês de certeza que já foram para a praia, vou falar um pouco dos cuidados a ter nesta altura. Como o post de hoje vai ficar um pouco grande esta primeira edição vai durar os próximos dias, desde como podem ficar bronzeadas, como devem cuidar dos cabelos e como devem fazer para resistir melhor ao calor no dia a dia. Hoje vamos começar pelos cuidados a ter com os pés.
Espero que gostem! ^^
Sorrisos,
Alexandra


Não sei se já pensaram nisso mas os pés são a parte do corpo que mais sofre com o nosso dia a dia. Precisando de 21 músculos, 26 ossos, 31 articulações, 100 ligamentos e 7200 (!) ligações nervosas apenas para nos manter em pé e nos permitir andar. Assim sendo é normal que precisem de ser protegidos, principalmente agora que os vamos mostrar a toda a hora. Como o que fazer?
Para começar devemos dedicar-lhes 15 dos nossos minutinhos semanais. Isto apenas para aplicação de cremes e relaxamento dos mesmos.
Algo que me preocupa é o facto de muitas meninas usarem saltos altos. Quando excedemos os 5cm de salto a parte dianteira do pé recente-se mas não usar salto é igualmente devido à pouca proteção que a sola oferece.
Para que os nossos pés não sequem ainda mais do que o costume, devido ao calor, devemos evitar os banhos quentes. Assim sendo podemos começar o nosso banho mergulhando os pés numa tina com água morna e sais minerais e no final passá-los por água fria para ativar a circulação.
Para os esfoliar, uma boa opção é  utilizar um esfoliante de grãos grandes e hidratá-los principalmente nas zonas sensíveis, calcanhar e sola.


Mas se os pés são importantes também não podemos esquecer as unhas e devemos tratar delas quando também tratamos do que já falamos aqui. Mas quais os problemas que podemos ter com elas e como os podemos corrigir ou evitar?
Para começar é preferível tê-las sempre curtas para evitar que o impacte contra o sapato as danifique. Utilizar um corta unhas é um bom método para o fazer. Devem ser cortadas a direito e sem arredondar as pontas de forma a evitar as unhas encravadas que tanto nos podem magoar e podem mesmo acabar por inflamar, ou outros problemas do mesmo género.
Para evitar bicos que podem as unhas feias o melhor método é o uso de uma lima ao de leve e de forma perpendicular de modo a não desbastar ou fragilizar as nossas unhas.
Quanto às cutículas, as pequenas peles que rodeiam a unha e podem extravasar sangue, aplicamos um ingrediente específico durante cerca de 5 minutos e, com a ajuda de uma cotonete,  empurrar as ditas peles para a base da unha.
O verniz é importante se quisermos dar um ar original e mais bonito à nossa unha. Depois de eliminarmos qualquer vestígio anterior com um removedor de verniz (nada de acetona, de preferência, já que agride a unha) e separar todos os dedos com pedacinhos de algodão, passa-se a primeira camada de verniz ao longo da unha. Se quisermos a cor mais forte esperamos que a primeira camada seque para aplicar uma segunda.
Não esquecer que também as unhas devem ser cuidadas todas as semanas de forma a ficarem bonitas e saudáveis.

Agora que já vimos o que podíamos fazer para termos os pés e as respetivas unhas bem tratadas, é importante não esquecer que os devemos manter em forma e os muscular com pequenos e leves exercícios. Apresento assim alguns exemplos do que podemos fazer.
Pode acrescentar-se ao tratamento de beleza  alguns exercícios para os manter em forma, por exemplo, rolar uma bola de ténis sobre cada planta durante cerca de 5 minutos.
Também podemos fazer uma espécie de jogo que consiste em  apanhar uma dezena de vezes um lápis com os dedos.


Por fim, sabemos que há variados problemas que os nossos pés podem ter e que podem ser verdadeiramente preocupantes. Alguns exemplos são as verrugas, a micose e os calos. Em que consiste cada um destes problemas e como os podemos resolver?
A verruga é de origem virulenta (logo contagiosa) e aloja-se na planta dos pés ou no calcanhar. Normalmente apanha-se em saunas, piscinas, na praia, ou seja, em meios húmidos. Pode desaparecer sozinha mas pode demorar entre 6 meses a 2 anos para passar. Pode-se aplicar verrucida, que se vende nas farmácias, ou mandar extrair por um podólogo através de laser, eletrocogulação ou azoto líquido.
Já a micose é uma doença de pele devido a um fungo que vive em ambiente húmido a 37ºC e de alimenta de descamações da epiderme. Encontra-se entre os dedos uma pequena placa encarnada que começa a pelar para depois a pele começar a cair aos bocados o que pode causar sangramento. Estende-se, pouco a pouco, a todo o pé. Deve-se sempre consultar um dermatatologista que costuma receitar um antifúngico com o qual nos devemos tratar durante vários meses.
Já o tão conhecido calo é uma deformação lenta dos pés em que a pele engossa na articulação das falanges devido a sapatos muito apertados, por exemplo. É um problema que pode facilmente ser resolvido aplicando calicida existente nas farmácias, que pode ser líquido ou em creme. Coloca-se numa curita furada a meio colocada sobre o calo.

4 opiniões super acertadas:

A tua opinião é sempre bem-vinda. ^^
Todos os comentários serão respondidos no próprio post.

  1. Gostei muito, foi útil :p
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Vou ser sincera, não costumo dar muita atenção aos meus pés, faço o básico : tratar das unhas e dos calcanhares xD e é claro, não andar de saltos astronómicos, porque para além de fazerem mal aos pés tb fazem mal à coluna!
    Gostei bastante das dicas! Foi um post bastante completo x3 Gostei muito!
    beijinhoo*

    ResponderEliminar
  3. Olá, estou a divulgar o meu blog onde faço reviews de vários produtos, espero que gostes :)
    http://viciosdebeleza.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

A tua opinião é sempre bem-vinda. ^^
Todos os comentários serão respondidos no próprio post.

 

This blog's design was created by Alexandra Cardoso inspired in Dzignine's design.
©Alexandra Cardoso 2011-2014