Hello world! :)
Chamo-me Alexandra e tenho 24 aninhos. Estudo Ciências dos Computadores na FCUP mas o meu verdadeiro sonho é seguir Design Gráfico para o que sou formada através da escola FLAG com média de 17. Além disso sou uma aventureira e estou sempre metida em novos projetos, exemplo disso é este blogue que apesar de me fazer sentir feliz e realizada é atualizado sempre a pensar em vocês e no que gostam.
Este projeto nasceu a 24 de novembro de 2011 através do meu canal do Youtube já que estava a aprender a cuidar de mim fosse em roupas, saúde ou maquilhagem. A verdade é que na altura senti necessidade de criar o canal porque tinha muitas dificuldades nas coisas mais básicas e queria transmitir os meus problemas e como os resolvi a quem estivesse na mesma situação que eu. Tímida como era acabei por abandonar um pouco os vídeos e criar este blogue que estão a ler.
Para me conhecerem um pouco mais, além de me lerem e tentarem conviver comigo nos meus contactos (ver aba respetiva) podem ler estes posts e estas TAG's e darem-me a vossa opinião.
Sorrisos,
Alexandra :)

A 20/10/2012

EM sábado, outubro 20, 2012
Alexandra Cardoso Escreve

Olá meninos e meninas! :)
Há uns tempos fiz a review sobre o champô Revitalizante da TRESemmé, sendo que uma das promessas dele é devolver a hidratação ao cabelo. Quando me queixei que este mesmo champô me punha o cabelo oleoso chamaram-me mentirosa e burra porque o cabelo não devia ficar oleoso já que é hidratante. A minha reação imediata foi fazer um facepalm e tentar responder, mas aí pensei: "De certeza que há muitas pessoas que confundem os termos, que tal fazer um post sobre isso?" E cá estou eu... mas vamos ao que interessa!


Exemplo de um cabelo hidratado
Para começar hidratante vem da palavra latina hidro que significa água. Já a palavra oleosidade, tirando o sufixo fica oleo, que obviamente remete para óleo. E como bem sabemos a água é diferente do óleo, tanto que são imiscíveis quando estão juntos.

Mas vejamos em profundo o que é a hidratação, a oleosidade e a seborréia (excesso de oleosidade):
hidratação -   reposição de água no organismo, mantendo sua composição corporal;
oleosidade - vem do sebo produzido por glândula (sebáceas) presentes na pele;
seborréia - quando o sebo é produzido em excesso aparece um brilho excessivo na pele assim como poros dilatados e uma maior aspereza quando tocada;

Exemplo de um cabelo oleoso
Sim, é verdade que as pessoas com cabelo oleoso têm tendência a ter cabelos pouco hidratados e quando hidratados os cabelos ficam com um ar muito menos oleoso. No entanto isso é porque a maior parte não sabe a diferença entre estes dois termos e acaba por não aplicar hidratante (ponto fundamental para ter um cabelo bonito seja de que tipo ele seja)! 

Ao invés disso cometem um grave erro seja para o cabelo como para a pele: abusam dos banhos que tomam tentando livrarem-se da oleosidade. O perigo? O efeito rebote em que as glândulas sebáceas passam a produzir ainda mais óleo para compensar o óleo retirado em excesso.  A solução? Procurar um dermatologista que poderá aconselhar um bom sabonete/champô e uma máscara hidratante oil-free.O que controlará a oleosidade mas fornecendo sempre a hidratação que o cabelo precisa.

Exemplo de um cabelo cuidado

Espero que esta rúbrica tenha ajudado algumas pessoas.
Sorrisos,
Alexandra

1 opiniões super acertadas:

A tua opinião é sempre bem-vinda. ^^
Todos os comentários serão respondidos no próprio post.

  1. Já me tinham falado disso!
    Um cabeleireira uma vez disse-me que eu só devia lavar o cabelo 2 vezes por semana com champô, de outra forma o meu cabelo haveria de estar sempre assim.
    No outro dia ouvi falar de um hidratante para cabelos da Lush, hei de o procurar!!
    Beijinhoo*

    ResponderEliminar

A tua opinião é sempre bem-vinda. ^^
Todos os comentários serão respondidos no próprio post.

 

This blog's design was created by Alexandra Cardoso inspired in Dzignine's design.
©Alexandra Cardoso 2011-2014